sc.abra

Florianópolis finalmente ganhou um passo em direção à liberdade ao tornar o processo de obtenção do alvará da Vigilância Sanitária menos burocrático e mais consciente. Finalmente foi aprovado o projeto de lei de autoria do então vereador Bruno Souza (PSB - hoje deputado estadual), juntamente com o vereador Miltinho (DEM). A Abrasel agradece os parlamentares, que ouviram com atenção o pleito da entidade e comemora esta conquista para todo o setor. Abaixo as vantagens da nova legislação:

- Cria a classificação "Não se aplica" para estabelecimentos que não possuem a necessidade de alvará sanitário. Por exemplo: escritórios em geral, que não apresentam riscos sanitários.

- Expande o número de estabelecimentos que poderão solicitar o alvará sanitário apenas com a avaliação documental, sem ter de aguardar a visita de um agente da vigilância.

- Retira a necessidade de obtenção do alvará de funcionamento para retirada do alvará sanitário. Esta burocracia atrapalhava tanto os agentes da vigilância quanto os membros do setor produtivo.

A Abrasel ressalta que os critérios adotados se baseiam naqueles utilizados pelas equipes de vigilância estadual, garantindo a competência técnica da área. Ainda assim os fiscais da vigilância mantêm sua prerrogativa de fiscalizar, dessa forma, evitando quaisquer exceções problemáticas que venham a surgir.

Comentários